domingo, janeiro 29

... é quando um homem quiser

E hoje pareceu Natal. As pessoas nas janelas a tentar ver o trenó do homenzinho das barbas entre os flocos de neve. Pena não ter sido suficiente para fazer bonecos de neve daqueles com cenouras como narizes e gorros nas cabeças brancas. E não terem caído do céu embrulhos coloridos com lençóis térmicos lá dentro.
A emoção da surpresa arrefece, volto a enrolar-me no cobertor e ligo a tv enquanto penso que gostava de ter bolo-rei para o lanche.
Zapping. Páro no canal 6. Os Trintões. E é uma festa de Ano Novo. E cantam músicas antigas e dançam. E uma tipa diz: "e é melhor estar em algum lado do que lugar algum". E por que raio vejo eu isto? Talvez com o fim da neve tenha regressado o peso da idade. Isso ou a insanidade mental.
Intervalo. Alívio. Zapping de novo. Mas... será possível que está a dar a Academia de Polícia?? Deve ser mesmo Natal. Ou isso ou é apenas mais um Domingo. Acho que nunca vi tanta tv num só dia. Na 6 é 1991. Se calhar devia desligar isto. É uma boa ocasião para terminar o livro do Zola. Sim, isso seria porreiro. Para além de mais produtivo. Ou então, ligo a net. Ligo a net e faço um post idiota sobre um domingo em que nevou e em que vi os Trintões a darem as boas vindas a 1991. Mas ei: já estamos em 2006, quem querem vocês enganar? E já nem me lembro do que fiz na passagem de ano de 1991. "1991! Vai ser maravilhoso, Mike! Vai ser poético!" E também neva na tv.

...

Happy New Year!

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial