domingo, outubro 21

Actualização

depois de ler o Bel-Ami do Guy de Maupassant, vou estrear o meu primeiro Gore Vidal: Em Directo do Calvário (O Evangelho Segundo Gore Vidal). diz quem sabe que isto é muito bom e ao 3º parágrafo inclino-me para concordar:

«Estou deitado, todo nu, em cima de uma mesa de madeira. Tenho caracóis hiacintino-dourados e uns olhos azuis da cor do miosótis, do género nunca mais os esquecerás, e a maior picha destas bandas da Ásia Menor.»

Etiquetas:

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial