quarta-feira, abril 4

« - Conheço um homem - disse Bayoumi - que foi enterrado vivo. Aprendeu muitas coisas. (...)
- E o que aprendeu, esse homem? - perguntou Solimon El Abit, muito intrigado com esta história.
- Aprendeu a calar-se - respondeu Bayoumi.»

A Casa da Morte Certa - Albert Cossery

Etiquetas:

2 Comentários:

Às 2:17 da manhã , Blogger Lua disse...

E enquanto isso, as crianças dormem tranquilas... os homens só se queixam quando percebem que são escravos...

 
Às 11:33 da manhã , Anonymous Anónimo disse...

: ) bendita ignorância...

S.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial