domingo, outubro 21

(Sunday) sounds eclectic

entre panachés e couratos virtuais, ouvi o Julio (verdade), nomeadamente o seu Hey cuja música-título é coisa para fazer arrepiar os pelinhos mais indie do nosso ser. antes já me tinha passado pelos tímpanos o Dusk dos The The e depois, sabe deus porquê, virei-me para os Judas Priest, dose dupla: Painkiller e Turbo. seguiu-se o Stevie Wonder com Talking Book e ainda fui espreitar o Stephan Oliva com aquele que é, dizem, um dos melhores discos de jazz: Jazz'n(e)motion Disc 4.

Etiquetas: ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial