sábado, março 27

Tudo o que podes querer já esgotou
Tudo do que podes gostar já acabou

Encontrarás o vazio...

Buraco negro de um cosmos por inventar
Caos resgatado, espaço enriquecido pelo
teu poema, pelo teu respirar...
enriquecido pelo teu sopro divino

Tudo o resto que podes querer
(...)

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial